quinta-feira, 21 de maio de 2009

Eu (Aline) e o tempo...






RELÓGIO

( Aline Romariz)


Anda !

O futuro já é amanhã e o passado, ontem...

Não se pode esquecer os ponteiros que correm ávidos

em pulsos firmes de amor...

Não se pode esquecer de lembrar que o tempo,

quando vamos ver...Já passou.




TEMPO
( Aline Romariz)


Ah! O tempo...Inexorável tempo!
Tempo de olhar
com os olhos da alma
Tempo! Limitado tempo
Que apressa meus sentidos
Pára e recomeça
um ato de amor infindo
Ah! O tempo...
Que me faz perceber
que cada dia que começa
estou partindo.


7 comentários:

  1. Lindo versejar!

    ResponderExcluir
  2. Saudade de te ver fazendo versos.

    ResponderExcluir
  3. Puxa vida! O que é isso?!?!? Esse Blog tá lindo! E o seu tempo Aline é demais.

    ResponderExcluir
  4. Eu ouvi o Maestro Tato Fisher recitar o seu tempo em sua homenagem no sopa de letrinhas...Coisa mais linda!

    ResponderExcluir
  5. Isso aí gente. dia 29/05 nova edição do Sopa. Aline já confirmou presença. Espero todos por lá.Aline,preciso falar? Sua homenagem lotou ! Nós temos uma admiração muito grande por você.A gente se encontra sexta 29.

    ResponderExcluir
  6. E é aí que a gente diz: "eu devia ter amado mais",né? Dizer o quê? Cair no lugar comum? Muito bom fazer parte de tudo isso. Ser sua amiga,aliás... Hoje tem Happy,vamos?

    ResponderExcluir
  7. Aline, poema verdadeiro. Destaque para os versos: "Tempo de olhar/com os olhos da alma"
    Lindo, lindo!
    Abraços!
    Ruth Gentil Sivieri

    ResponderExcluir

Nós que fazemos o PALAVRA DE MULHER,AGRADECEMOS O SEU COMENTÁRIO!!!