domingo, 17 de maio de 2009

PALAVRA DE MULHER!!!

A alegria de entrarmos em tantas casas por duas horas (que seja) toda semana é indescritível. O carinho dos que nos recebem nós dá a força necessária para não desistirmos do nosso propósito e seguirmos sempre.
Acredito que comunicação,nos dias de hoje,tem que ser feita dessa maneira. O Rádio pra resistir as pressões tecnológicas, tem que tomar dimensões mais intimistas,tem que deixar de criar solitários programas(locutor/microfone) ,impessoal forma de fazer o ouvinte desviar o número de seu dial ou fechar a página do seu PC.O comunicador de rádio não tem que ser apenas um Dj,virando a língua para anunciar músicas que não vivem a realidade do nosso meio. Há que se fazer do Rádio, o mágico de mil cartolas,de onde sem que esperemos nasça razões para que os ouvintes sejam assíduos, fiéis e sobretudo amigos. Não podemos deixar o rádio morrer,sem a última mágica que o trará de volta,que nos remeterá ao dia de ontem ,onde famílias se reuniam em torno do pequeno aparelho, que por linhas invisíveis conduzia emoções.

Para mim,que amo o que faço,que cresci ouvindo meu velho irmão pelo ondas do meu pequeno rádio,é gratificante saber que o meu próposito está sendo alcançado e que não estou sozinha nessa caminhada,que tenho cada um de vocês, meus ouvintes ,que a cada programa que faço tornam-se meus amigos e me ajudam a declarar todos os sábados, o meu amor pelo Rádio.

Aline Romariz


* Uma forma de agradecer as mensagens de incentivo e carinho dos nossos ouvintes de todo o Brasil e do mundo.

8 comentários:

  1. Eu que tenho de agradecer o carinho que me dispensa todos o sábados e nos outros dias da semana. Mulher!!! Se vc não existisse eu mandava fabricar. A sua educação,a sua sensibilidade,o seu amor para com os seus a fazem única. Obrigado Aline Romariz,por entrar em minha casa todos os sábados nos fazendo ver que ainda vala muito a pena viver.
    Romeu

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, queridas amigas!!! Adorei o programa! SUCESSO!!! Abraços, com carinho, Mel Redi

    ResponderExcluir
  3. Bom disso Aline e Marise é que vocês estão resgatando com o programa Palavra de Mulher, o verdadeiro sentido das rádios que era de levar entretenimento, diversão e informação e não como hoje em que há interesse de "vender" notícias de violência, corrupções. As rádios atualmente importam chamar atenção com algo triste e deprimente. Não têm mais interesse de ser uma coisa boa de ser ouvida, de ser valorizada. Parabéns para vocês e pelo Rádio Amiga FM. Que continuem assim levando alegria, simpatia e informações pelo ar! Beijoquinhas e diga-nos como estava a macarronada da amiga...rs Fiquem com meu carinho. ;Dja

    ResponderExcluir
  4. Aline não agradeça.Cada um que te acompanha sabe do seu amor pelo rádio e pelos seus ouvintes.A sua educação,a sua alegria em nos receber é contagiante ao ponto de ficarmos ansiosos por novos sábados,por novos textos no Blog. Diferente de muitos convites que recebemos e cansados que estamos de ser enganados com elogios falsos que no fim das correspondencias expoem o valor do carinho de quem nos escreve,o seu convite foi prazeroso e sem "segundas intenções",sem o valor em reais,um outro valor que não tem preço,só apreço..A atenção que dedica aos "co-produtores" é algo inusitado e mágico também com as tais ondas do radio. Manuel- Mato Grosso

    ResponderExcluir
  5. Nelson Cardoso Rio de Janeiro17 de maio de 2009 19:47

    Aline no rádio existe uma coisa chamada " tempo de rádio",você minha linda, tem esse tempo além do saber olhar pra frente tentando resgatar a emoção pq as tem a flor da pele. A sua empolgação é nítida.A sua disponibilidade apesar de sabermos que tem um monte de outros trabalhos pra fazer é alguma coisa assim que emociona.Falar que você é demais é lugar comum ,pela paciência que tem com as pessoas que te procuram se transformam em amigos fervorosos.Parabéns moça bonita. Que esse seu caminho seja de glórias e reconhecimento que a tal da inveja não deixe sucumbir nunca,pq vc sabe que esse sentimento podre é forte demais. Nelson

    ResponderExcluir
  6. Minha menina,meu olho e meu coração descobrem arte e você é pura arte. Esse texto que li agora é muito bom e digno de ser lido por pessoas que querem levar o rádio a morte. Sou seu fã.

    ResponderExcluir
  7. Quando surgiu a televisão, foi dito que o rádio iria desaparecer, nem por isso. Depois o computador, internet...nem assim. Veio as rádios piratas, nem assim. Acho que o rádio, no seu contexto geral é insubstituível, ou seja, se ele tem uma boa programação, longo alcance, ele será absoluto. além do mais, agora com ajuda da internet, temos esse previlégio, sendo ouvintes doutros Estados, ouvir com perfeição a sua programação. O meu amor pelo rádio é antigo, companheiro de cabeceira, de horas de insônia, de viagens pelas estradas, de (rádio novelas em mil novecentos e...bolinhas), sempre ouvindo uma boa música,uma boa conversa, um conselho de um locutor...Aline e Marise é tudo isso!É saudade, é poesia, carismáticas, têm bom gosto e transmitem emoções a todos. Parabéns dupla dinâmica, sou mais Palavra de Mulher!!!!Dora

    ResponderExcluir
  8. Para o meu cumprimento, Marise e Aline, prefiro fazê-lo com uma simples trova:

    Sorrateiro surgiu um Pragrama
    Conquistador e inclemente
    Aos ouvintes não faz drama
    E ainda conquista muita gente.

    Abraços,
    Ruth Gentil Sivieri

    ResponderExcluir

Nós que fazemos o PALAVRA DE MULHER,AGRADECEMOS O SEU COMENTÁRIO!!!